07/09/2021 às 23:29 Para Empreendedores

Estudo de pesquisa analisa “a foto de perfil perfeita”

1
3min de leitura

A foto de perfil é a sua representante no mundo digital, é o seu cartão de visitas online. Olhamos para a foto de perfil toda vez que interagimos com as pessoas no universo digital. Elas são essenciais para a comunicação moderna, tornou-se uma necessidade básica, ainda mais para aqueles que utilizam as redes sociais como uma forma de apresentar o seu trabalho, vender o seu produto ou serviço – para uso profissional de uma forma geral.

O Estudo

Pensando nisso a Photofeeler dedicou um tempo para realizar um estudo de pesquisa, com objetivo de entender o que funciona, qual a reação das pessoas ao ter contato visual com uma foto de perfil, ou seja, o objetivo é tentar identificar qual mensagem determinada foto transmite.

Neste estudo não foram analisadas características como gênero, idade, traços físicos, para concentrar apenas no que é possível ser controlado, qual elementos produzem de forma confiável uma foto profissional, seja para uso em LinkedIn, Instagram, WhatsApp, etc.

O estudo foi baseado em mais de 60.000 avaliações, seguindo apenas três métricas: Competência, Probabilidade e Influência percebidas para 800 fotos de perfil do banco de dados da Photofeeler.

O Resultado

Seguindo as três métricas avaliadas foi possível chegar a algumas conclusões:

  • Olhos

O uso de óculos de sol – bloqueio dos olhos – pode prejudicar significativamente a sua primeira impressão. O efeito altera um pouco dependendo do que está obstruindo os olhos.

Os óculos de sol, especificamente, têm um custo alto do quesito probabilidade, ou seja, não transmite confiança e profissionalismo. Por outro lado, se a obstrução for por meio de cabelo, brilho ou sombra, os resultados não foram tão alterados, sofre uma pequena perda em Competência e Influência.

Seguindo na linha dos olhos, outro efeito que foi notado é em relação ao olhar. A essência do conceito é: olhos bem abertos geralmente transmitem medo, enquanto olhos ligeiramente semicerrados retratam conforto e confiança – o famoso “sorrir com os olhos”, do qual tanto falo durante minhas sessões.

Sorrir com os olhos tem como consequência um ganho considerável para Competência e Probabilidade.

  • Mandíbula definida

Além de apertar os olhos, acentuar a linha da mandíbula é uma ótima dica, particularmente eu utilizo muito essa técnica com o auxílio da luz, e ao que parece, segundo o estudo, aumentam a média das três métricas utilizadas no estudo.

Acentuar a linha da mandíbula significa ter uma sombra que separa o queixo do pescoço, como mencionado, com uma boa luz é possível ter ótimos resultados nesse quesito.

  • Sorriso

Essa foi de longe a característica mais impactante no estudo, porém, é um tipo específico de sorriso.

Um sorriso com dentes visíveis ganha pontos consideráveis contra um sorriso de boca fechada, porém, cuidado, existe uma linha tênue aqui, se a foto passar do sorriso para o risonho, você ainda ganha pontos na Probabilidade, mas perde na Competência e Influência percebida. 

  • Vestimentas

Segundo o estudo, nada ganhou mais resultados do que a vestimenta. Trajes mais formais ou perto disso, ganharam muitos pontos em relação a vestimentas mais casuais. A formalidade neste estudo, foi medida por falta de gravata, blazer ou paletó. Cores ousadas ou incomuns e detalhes de moda também foram consideradas menos formais, inclusive camisetas e jeans.

  • Área Mostrada

Quando se trata da quantidade da pessoa no quadro, foi descoberto que uma foto onde é mostrado toda cabeça e uma parte dos ombros teve uma relevância muito maior do que as que utilizam cortes com metade do rosto, por exemplo.

  • Configuração do Cenário

O ambiente utilizado não teve um efeito significativo na pesquisa.

Aqui vale uma opinião minha, procuro sempre optar por um ambiente com fundo neutro ou ambientado no espaço do cliente, por acreditar que valoriza ainda mais o perfil profissional do que uma foto no parque, por exemplo, mas é claro, cada caso é um caso, e isso é sempre válido alinhar a mensagem e expectativa de acordo com a necessidade de cada cliente.

  • Edição e Tratamento

Fotos muito escuras ou a noite, tendem a diminuir a pontuação geral. Fotos com saturação muita alta, cores vibrantes também tem esse efeito, puxando toda a percepção para baixo.

Quanto a fotos preto e branco, não foi encontrado nenhum efeito significativo, não houve diferença significativa.

Dito isso, deixo com vocês o infográfico com todas as pontuações e descobertas desta pesquisa.


07 Set 2021

Estudo de pesquisa analisa “a foto de perfil perfeita”

Comentar
Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Copiar URL

Tags

branding foto de perfil fotografia profissional marca pessoal retrato profissional

Quem viu também curtiu

30 de Mar de 2021

O Poder da Imagem Pessoal

09 de Nov de 2020

5 dicas que vão te ajudar a usar o LinkedIn em todo o seu potencial

14 de Jan de 2021

Posicionamento - Você sabe o que é?

Olá, que alegria ter aqui! Sinta-se a vontade em me chamar no Whats.
Logo do Whatsapp