Imagem capa - Armazene seus Catálogos do Lightroom no disco SSD! por Matheus Salvador
Para Fotógrafos

Armazene seus Catálogos do Lightroom no disco SSD!

Como mencionado no artigo anterior é extremamente importante que você tenha ao menos um disco SSD em seu computador, por dois motivos:


1- Para rodar o sistema operacional;

2- Para salvar os Catálogos do Lightroom.


Para que você entenda, o disco SSD é uma evolução do disco tradicional mecânico. Hoje já não é mais tão novidade, a maioria dos computadores e notebooks já vem com esse tipo de disco embarcado de fábrica.


Com a utilização de um disco SDD, você terá algumas boas vantagens, como por exemplo, velocidade para executar tarefas básicas em seu computador; este tipo de disco consome menos energia e é bem menos passível a erros, já que não possui nada mecânico nele.


Apesar de não ser tão novidade assim, vejo que ainda hoje muitas pessoas se preocupam com memória e processador na hora de comprar um computador, mas acabam negligenciando os discos, que acaba se tornando um gargalo de produtividade.


Como também foi mencionado no artigo “Antes de Começar – Onde armazenar seus arquivos”, sugeri a ideia de utilizar dois discos, agora vou te explicar o porquê:


Apesar de ser muito mais rápido, o disco SSD ainda é um pouco caro, então é possível que você não queira investir tanto nisso, espaço custa muito dinheiro. Devido a isso, a minha recomendação é que você utilize o SSD (250gb está ótimo) apenas para armazenar os seus catálogos e o sistema operacional. Os arquivos brutos (RAW) você pode (e te sugiro fortemente) salvar em um disco tradicional ou HD Externo.


O Lightroom é uma ferramenta muito inteligente que faz um bom uso dos recursos do seu computador para trabalhar com os arquivos, portanto, se você deixar apenas o catálogo no SSD já terá um ganho absurdo de performance. Através da utilização das visualizações inteligentes (que são criadas durante a importação); o software não precisa ler e acessar as informações do arquivo bruto a todo instante, ele trabalha com uma espécie de cache (que é uma memória de acesso rápido), portanto, seria desperdício de dinheiro salvar tudo no disco SSD. Mas obviamente, se você tem a possibilidade de investir nisso e preferir salvar tudo no disco SSD, o ganho será ainda maior - neste caso a recomendação é de um disco de pelo menos 500GB.


No próximo artigo vou falar sobre Importação de Fotos e Visualizações Inteligentes!