Imagem capa - Como nossos Filhos lembrarão desta Pandemia ?! por Matheus Salvador
Sobre Paternidade

Como nossos Filhos lembrarão desta Pandemia ?!

Que estamos passando por um momento complicado não é novidade e todos já estão carecas de ouvir coisas sobre isso. Mas a situação pede um ponto de reflexão, sobre as mudanças, as dificuldades, os desafios que vem surgindo dia após dia – Ainda mais quando se tem filhos.


Nós adultos sabemos nos virar, afinal, temos inteligência emocional para lidar com a situação! – Claro que estou sendo irônico! Não temos! Nunca passamos por algo nem parecido, nunca vivenciamos uma situação tão complexa, que perpetua por longos dias e onde tudo ainda é muito incerto, sem respostas e nem sabemos o que virá depois - Hoje, após 5 meses em casa, vejo que estamos nos acostumando com esse tal de Novo Normal - Que ranço dessa expressão! Quem pode, está tocando sua vida, do jeito que dá. Faz parte da natureza humana essa capacidade de se adaptar à novas situações.


O que quero propor aqui é uma reflexão de como os nossos filhos irão se lembrar deste período – Afinal, escolas e creches estão fechadas. A rotina mudou drasticamente, não existe mais aquele convívio social, que é tão importante para as crianças – Gostaria de saber como vocês pais estão lidando com tudo isso - Quem está cuidando dos pequenos? Como está a sua rotina de trabalho x casa? São muitas questões envolvidas não é mesmo? Se para nós adultos, é complicado, como será que está a cabecinha do seu filho?


Acredito que nossa principal preocupação deveria ser em como cuidar para que as memórias que serão criadas agora, sejam positivas – ainda temos algum controle sobre isso, e o ambiente que essa criança está inserida é o ponto chave da questão! É preciso de alguma forma cuidar para que as brincadeiras, o aprendizado e desenvolvimento não cessem. Essa criança em confinamento, terá os adultos, que estão por perto como base, portanto é preciso cuidar muito deste ambiente como um todo.


Não estou dizendo que sempre é possível manter o equilíbrio que gostaríamos, há discussões, desentendimentos dentro de uma família, mas precisamos sim, cuidar para que isso não vire rotina, para que essa criança passe esse período de uma forma mais leve, com diálogo, muitas brincadeiras e na medida do possível, aprendizados - Precisamos proteger nossos filhos deste ambiente pesado que se estabeleceu em nossas vidas, para que no futuro eles tenham boas memórias deste momento - para que não seja um fardo emocional no futuro.


Me conta como está sendo para vocês?!