Imagem capa - Por que Fotografia - Uma breve biografia por Matheus Salvador
Artigos

Por que Fotografia - Uma breve biografia

Você sabia que uma das principais características de evolução da nossa espécie é o ato de contar histórias? 

Sempre foi assim, desde os primórdios da humanidade, nos tempos modernos... E sempre será um dos aspectos mais interessantes do ser humano! Afinal, quem não gosta de ouvir uma boa história?

E o que isso tem a ver comigo e com a fotografia? Vem comigo, vou te contar...

Filho único, pais trabalhando fora...precisei aprender a me virar sozinho, cresci em meio à livros, cds, jogos de vídeo game e alguns poucos amigos com quem brincava volta e meia.  Lembro que sempre gostei muito da literatura, tinha revistas, livros, coleção de gibis, filmes e fitas de vídeo cassete de desenhos que marcaram boa parte da minha infância introspectiva.

Comecei a trabalhar cedo, com 14, 15 anos já ganhava meu dinheiro, passei por alguns estágios e logo percebi que com um certo estudo e dedicação poderia conseguir um trabalho legal e bem remunerado – Descobri então o mercado da TI – como tinha facilidade para leitura e estudo, tive uma ascensão rápida e consegui um salário legal. Fiz faculdade, mas não conclui – passei por diversas empresas, conseguia uma promoção, as vezes um aumento, mas nunca estava realmente feliz, passava um ou dois anos e procurava trocar de empresa novamente, algo me fazia desanimar, existia um conflito interno.

Um certo dia, sem razão aparente resolvi comprar uma câmera profissional – sempre tive câmeras e lembro que fazia fotos das viagens e lugares que conhecia, mas nunca pensei em me especializar nisso, muito menos como profissão – Existia sim a vontade de abrir um negocio e trabalhar por conta, só não imaginava que seria com fotografia.

Com a posse de uma câmera, descobri um novo mundo cheio de possibilidades, novos estudos, muitos aprendizados. Comecei fotografando natureza, paisagens, era onde eu conseguia externar minha visão, minhas ideias, meu mundo... minha vida tinha começado a tomar um novo rumo.

Foram mais de 10 anos trabalhando com computadores e repentinamente comecei a conhecer pessoas, registrar momentos felizes dessas que cruzavam meu caminho, sem uma explicação muito logica a transformação foi acontecendo. Trabalhar nove horas dentro de uma empresa consertando problemas já não fazia mais sentido para mim (talvez nunca tivesse feito, talvez nunca tivera um propósito antes) – Minha vontade era conhecer mais pessoas e registrar momentos importantes para elas.

Após 4 anos fotografando, consegui enxergar que se eu puder me conectar com as pessoas, eu posso ir além da fotografia – Talvez eu possa contar uma história, não com palavras, mas com imagens! Momentos passam, caem em esquecimento, mas a fotografia pode voltar no tempo e trazer lembranças sensoriais, reviver um momento importante!

E aonde vou aplicar isso tudo?  

Hoje, em minha jornada, posso afirmar que a fotografia é minha ferramenta de trabalho, pois, busco entregar muito além de apenas registros - meu foco é entregar uma narrativa fotográfica, com início, meio e fim, um documento para a família – Que retrate um pouco de quem são essas pessoas, seja algum evento importante ou mesmo no cotidiano, nas coisas mais simples da vida.

Vamos juntos?